Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

16/05/20

Stayin' Alive

Fui, finalmente, ver o Tejo. O azul do rio, o laranja dos cacilheiros seguido do seu rasto branco, o violeta pontual dos jacarandás. Algo parecia, mesmo assim, ausente. Cruzámo-nos com menos pessoas do que seria de esperar, para uma tarde quente de maio, a primeira sem chuva na última semana. Um grupo de amigos escolheu a zona ribeirinha para se juntar, e encontrou uma forma inusitada de manter a distância: alinharam as traseiras dos seus cinco ou seis carros em círculo e sentaram-se, cada um no seu porta-bagagem, a conversar. Na avenida 24 de julho, a surpresa com os canteiros centrais, a transbordarem de vegetação, produzindo um efeito muito bonito (que só a nossa passagem de carro estraga). No Cais do Sodré, virámos à esquerda para subir a rua do Alecrim. O Largo do Chiado parecia pouco movimentado, mas estávamos apenas de passagem, porque voltámos a descer em direção ao rio. Pelo caminho, avistámos um casal a petiscar na rua, a ser servido pela janela do restaurante. Um bocadinho de inveja. Mais à frente, dois miúdos, um dos quais tinha uma semelhança extraordinária com o Cristiano Ronaldo, aproveitavam o fraco movimento nas ruas para treinar manobras de skate. Pouco depois, rumámos a casa. Enquanto fazia o meu exercício de equilibrismo na avenida de Ceuta (manter o ponteiro da velocidade exatamente nos 50km/h), começou a tocar Stayin'Alive na rádio. Esqueci o radar e pus-me a cantarolar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.