Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

13/11/13

momento televisivo

 

Seria capaz de doar mil euros que tivesse acabado de ganhar? Ainda não sei responder à minha própria pergunta, mas esta senhora foi. A televisão nacional consegue ser tão deprimente, sobretudo durante o dia, que apanhar um momento destes, ou melhor, um gesto destes, restaura um bocadinho da nossa fé no poder da televisão para ajudar os outros. A criança a quem a espetadora ofereceu o seu prémio, e que foi referida antes no programa da SIC, tem uma página no facebook, se quiserem saber mais sobre a sua situação.

 

No outro dia, no metro, havia um cartaz de uma organização missionária que apelava a "dar mais" de cada um de nós e a frase ficou-me na memória desde então. Não é preciso ir para África, ou doar mil euros, para dar mais de nós, claro. Ainda sobra imenso para dar, mesmo nos dias que correm, mesmo que seja atenção e um pouco de empatia ou compreensão. Lembrei-me da frase ao pensar no momento acima e no que posso dar mais de mim. Com sorte, e o alcance que a televisão ainda tem, é possível que tenha inspirado mais pessoas a pensar no mesmo.

 

Por fim, só ao fazer este post é que me ocorreu que aquele momento aconteceu na segunda-feira, dia de São Martinho. Sentido perfeito de ocasião.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.