Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

20/07/08

Esta vida americana

Um iPod abandonado na gaveta? À procura de outro podcast além do (cada vez mais engraçado, admito) Há vida em Markl? Curiosidade para ouvir algumas boas histórias?

 

Recomendo o This American Life, um podcast semanal norte-americano que merece inteiramente o cult status que já conquistou. É o mais parecido que existe a estar em redor de uma fogueira, a ouvir histórias tragicamente cómicas, enquanto se vai na rua com os fones nos ouvidos. É um programa de rádio como não ouvi até hoje, incrivelmente bem preparado e editado, distribuído gratuitamente em formato podcast.

 

O episódio de há duas semanas, intitulado A little bit of knowledge, tem como tema aqueles factóides distorcidos que aprendemos em crianças, mas que nunca nos lembrámos de questionar. Até ao dia em que, no decorrer de uma conversa, eles emergem do nosso subconsciente e boca, com uma convicção desmesurada, para embaraço total.

 

É ouvir para perceber melhor.

 

É absolutamente hilariante e um excelente exemplo da capacidade do programa para reunir pequenas histórias e testemunhos de coisas com as quais toda a gente consegue relacionar-se.

 

Fica a recomendação.

18/07/08

Screen tests

O NY Times tem uma pequena secção de entrevistas em registo vídeo e formato intimista com alguns famosos (gostava de conseguir usar outro termo, mas na realidade, é isso que todos têm em comum), chamada Screen Tests. Andam por lá George Clooney, Charlize Theron e mais alguns, mas quem inesperadamente se destacou para mim ainda foi a Tyra Banks, aspirante a rainha da televisão diurna (e rasca?) nos EUA. Momento preferido: vê-la exemplicar alguns dos 270 diferentes tipos de sorriso que ela estima existirem, e que qualquer modelo deve conhecer. É o equivalente de um mágico revelar como faz os seus truques, transposto para, diga-se o que se disser sobre ela, uma mulher (incrivelmente) bonita (o ecrã parece pequeno para a sua presença).

17/07/08

...

Se quero falar de coisas boas, tenho de falar disto. Os Blogs do SAPO lançaram hoje uma nova homepage, inteiramente desenhada pela Claudia. Cumpre na perfeição todos os requisitos que foram definidos inicialmente para a nova homepage: tem um espaço para comunicar com os utilizadores (a janela para o blog oficial), adiciona uma pequena montra que apresenta algumas funcionalidades da plataforma e é, tão simples quanto isso, bonita.

 

Sobretudo, tem algo que o design mais funcional e apelativo nem sempre consegue provocar: uma resposta emocional. As fotografias da equipa, os pintos da Claudia, tudo isso dá um rosto à plataforma e cria uma familiaridade que é invulgar encontrar numa página usada diariamente por dezenas de milhares de pessoas. Para quem chegou a questionar algumas das escolhas da designer, dos tons de areia ao layout, acho que o melhor elogio que lhe posso fazer é que não teria conseguido fazer melhor.

16/07/08

Os blogs são texto

Não tenho formação em design, não sei desenhar e não sou um ás do Photoshop, mas percebi que o meu principal compromisso nesta linha de trabalho (estruturar páginas de texto para serem lidas em linha) é com a legibilidade. 99,9% dos blogs que eu aprecio podiam consistir apenas de texto contra um fundo branco. Vendo bem, muitos deles já consistem apenas disto mesmo, quando lidos a partir de um leitor de feeds. O template pode ser fixe, mas eu volto pelos textos. É por isso que os meus trabalhos preferidos (e mais difíceis) são aqueles que envolvem blogs que já fazem parte da minha lista de leituras. Eu quero acrescentar algo, mas no fim do dia, é aquela mancha que suja o branco (tão roubado daqui) que interessa.

15/07/08

Last.fm

O last.fm é uma rede social que promove a proximidade. A minha experiência com o serviço diz-me que não posso afastar-me mais do que alguns metros do computador, o suficiente para chegar a tempo de impedir que aquilo anuncie ao mundo que ouço certas coisas, demasiado embaraçosas para admitir aqui. É uma janela de 5, 10 segundos no máximo. Fiquem espertos.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.