Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

26/07/10

Achados: Nissan Figaro

Sou um utente fiel e evangelizador dos transportes públicos, mas esta pérola automobilística, descoberta via Frank Chimero, fez-me questionar a minha fé.

 

Foto: Flickr/Aurélien.

Apresento-vos o Nissan Figaro, um modelo retro produzido pela marca japonesa durante a década 90. A Wikipédia não se alonga muito sobre a história do descapotável de duas portas, mas suponho que tenha sido fruto de um devaneio nostálgico da fabricante. Isso ou alguém sentiu-se muito inspirado no dia em que enviou esta beleza para produção (embora só tenham sido fabricadas 20 mil unidades). Segundo a Wikipédia, o carro foi comercializado apenas no Japão, mas as importações ajudaram a torná-lo popular noutros países, sobretudo no Reino Unido.

 

Foto: flickr/brianwferry

Tão popular, aliás, que inicialmente, os potenciais compradores japoneses tinham de se inscrever numa lotaria para terem a possibilidade de comprar um.

 

Foto: Flickr/Christina T.

Uma dessas unidades deve ter uma história curiosa para contar, ou não tivesse ido parar à venda em Cucujães (Oliveira de Azeméis), por 8.500 euros (negociável, segundo consta).

 

Foto: Flickr/Eric Flexyourhead.

O interior do descapotável. 8.500 euros já devem estar a parecer uma pechincha por esta altura, certo?

 

Foto: Flickr/ThePhotowagon.

Pesquisei por provas fotográficas da presença do Figaro em Lisboa, mas sem sucesso.

 

Foto: Flickr/NWT 2005.

Ok, não tenho mais nada a acrescentar. A este ponto, trata-se de pura luxúria visual.

 

Foto: Flickr/Ketamyska.

Se este post ajudar a alguém a encontrar o seu bólide, não se esqueçam depois de oferecer uma voltinha :)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.