Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

01/05/13

dar uma volta: pela nova app da CGD

 

Não sei dizer exatamente quando, mas a Caixa Geral de Depósitos lançou há poucas semanas a sua primeira ofensiva no mercado de aplicações nativas para dispositivos móveis. A nova aplicação está disponível para Android, iOS e Windows 8. A minha experiência de utilização até agora, em iPod e iPad, tem sido boa, ao ponto de ter passado a preferir utilizar a app ao site de home banking da CGD - o que não deve causar surpresa a quem conhece o site da Caixa Directa. Como é uma daquelas coisas com potencial para melhorar um bocadinho as nossas vidas já apressadas e conectadas, achei que valia a pena destacá-la aqui, exclusivamente da perspetiva de um utilizador.

 

 

Letras grandes, bom esquema de cores, navegação por arrasto, parece estar tudo lá. Uma das minhas coisas preferidas são os gráficos em anel que oferecem uma visão global do estado da conta. Há mais alguns gráficos espalhados pela app, incluindo um que ajuda a visualizar o histórico de movimentos, por exemplo. Interagir com alguns deles causou o crash da app, mas tirando os bugs ocasionais é como ter um tabliê com vários mostradores aplicado à nossa conta bancária. É uma direção que pode ser seguida com ainda mais possibilidades (empregando gráficos para simulações de todos os tipos) na versão desktop da Caixa Directa.

 

 

É uma boa altura para referir que estas imagens da app são screenshots capturados do vídeo de apresentação da app.

 

 

 

Também acho interessante a forma como a aplicação promove e destaca algumas ações. Não apetece carregar no botão laranja e poupar imediatamente 15€? Acho sempre piada aos pequenos truques (de cor, forma, posicionamento, etc) que é possível pregar à nossa perceção das coisas.

 

 

 

A app também permite contactar diretamente e piscar o olho ao nosso gestor de conta. #constrangedor

 

 

Menos bem conseguida é a área de personalização de cartões de crédito (não que tenha ou queira ter um). Quando tentei inserir uma imagem minha fui parar a esta página.


Outro aspeto em que tropecei ao experimentar a app é o método de validação de transferências e operações de pagamento. O cartão matriz é uma opção boa para quem está sentado frente a um computador, não tanto para quem está na rua ou em movimento. O envio de uma senha de confirmação por SMS já é suportado no site da Caixa Directa, mas ainda não parece estar disponível nas apps. Permitir escolher o método de validação é capaz de melhorar a fluidez dessas operações na app.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.