Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

24/11/13

5 coisas desta semana

Muita gente deve ter ficado surpreendida esta manhã ao abrir a homepage do New York Times e ver, em grande destaque, uma fotografia tirada pela polícia de uma mulher morta em casa com um tiro. Era compreensível estranhar e pensar em jornalismo tabloide, mas o artigo ligado à fotografia é tudo menos sensacionalista. É o resultado final de quase um ano de investigação sobre o alegado suicídio da namorada de um polícia na Florida e os procedimentos em todo o país nos casos em que os suspeitos de violência doméstica são polícias. Vale a pena ler.

 

A campanha de inverno do Banco Alimentar já começou e é possível fazer uma doação online até dia 8.

 

Life on iPad é a Apple a tentar mostrar o iPad como ferramenta de trabalho e não apenas uma forma de perder horas no Youtube e Pinterest, e não olhou a custos (ou milhas aéreas) para o fazer.

 

O selfie do ano?

 

Gorros minions. Para os primos mais novos, claro. Embora a Sílvia faça para todos os tamanhos..

17/11/13

5 coisas desta semana

A coragem para entrar num barco sem água e mantimentos com mais algumas dezenas de pessoas para contar a história de quem arrisca tudo para alcançar o sonho de uma vida melhor. A situação relatada é no Índico, mas podia ser no Mediterrâneo.

 

A espargata do ano, evidentemente. O anúncio é brilhante, e não é pela acrobacia física. Se desconstruirmos o anúncio aos seus ingredientes (e o mostrarmos a alguém, de forma a avaliar a sua reação) percebemos que isto é a adaptação comercial do "2 girls and 1 cup" (se não sabem o que é, não pesquisem): um plano ambíguo a abrir o vídeo, música de fundo relaxante e ligeiramente desenquadrada e um feito físico de abrir os olhos. É isto, certo? Quem se lembrou de salvar o Van Damme do esquecimento e propor este anúncio merece um prémio qualquer.

 

O leilão do ano é no dia 23 e estou curioso por saber quem vai levar para casa alguns dos objetos escolhidos e customizados por Jonathan Ive e Marc Newson.

 

Os apanhados da semana: Trapping people in IKEA.

 

A Apple, através do iTunes, está a aceitar donativos para a missão internacional da Cruz Vermelha nas Filipinas.

 

13/11/13

momento televisivo

 

Seria capaz de doar mil euros que tivesse acabado de ganhar? Ainda não sei responder à minha própria pergunta, mas esta senhora foi. A televisão nacional consegue ser tão deprimente, sobretudo durante o dia, que apanhar um momento destes, ou melhor, um gesto destes, restaura um bocadinho da nossa fé no poder da televisão para ajudar os outros. A criança a quem a espetadora ofereceu o seu prémio, e que foi referida antes no programa da SIC, tem uma página no facebook, se quiserem saber mais sobre a sua situação.

 

No outro dia, no metro, havia um cartaz de uma organização missionária que apelava a "dar mais" de cada um de nós e a frase ficou-me na memória desde então. Não é preciso ir para África, ou doar mil euros, para dar mais de nós, claro. Ainda sobra imenso para dar, mesmo nos dias que correm, mesmo que seja atenção e um pouco de empatia ou compreensão. Lembrei-me da frase ao pensar no momento acima e no que posso dar mais de mim. Com sorte, e o alcance que a televisão ainda tem, é possível que tenha inspirado mais pessoas a pensar no mesmo.

 

Por fim, só ao fazer este post é que me ocorreu que aquele momento aconteceu na segunda-feira, dia de São Martinho. Sentido perfeito de ocasião.

10/11/13

5 coisas desta semana

A app: Knock. Fica-se apanhado logo com o vídeo e o website (minimalista, direto à mensagem). A app é a definição de preciosismo tecnológico, mas funciona e é apresentada como magia, à qual não se consegue ficar indiferente.

 

A palavra: eutimia.

 

O local de trabalho: Why Cruise Ships are My Favorite Remote Work Location. Invejável e fascinante.

 

O videoclip: quase tão bom quanto o videoclip do post anterior, e sem 99% dos meios: Royals 2Pac Beck Mashup.

 

O post: ( assim, de repente, 10 ), sobre o que é fazer 10 anos de blog.

 

Tenham uma boa semana!

07/11/13

o mexefest do Youtube

 

O videoclip filmado "ao vivo" dos Arcade Fire, com a atriz Greta Gerwig (a única boa razão para ir ver "Frances Ha", se me perguntarem). O videoclip em direto foi um dos conceitos que Spike Jonze teve a liberdade para experimentar na produção da primeira "gala" de prémios do YouTube, transmitida em direto a partir de Nova Iorque no domingo. O espetáculo pode ser visto na íntegra aqui e teve mais um ou dois pontos altos destes, incluindo uma pequena encenação, também ela filmada ao vivo, com todas as marcas habituais de uma metragem de Jonze. Foi uma gala que se quis demarcar das outras. Os apresentadores não tinham guião e a passagem de um momento musical para outro obrigava o público presente a correr de palco em palco, como se o espetáculo fosse um pequeno festival de música dentro de portas (a ideia-chave aqui) que pode ser visionado em tempo real por uma audiência global. Os únicos momentos aborrecidos foram mesmo as entregas de prémios, quase sempre previsíveis e desajustadas ao tema geral da noite (o improviso e o "estamos aqui a experimentar uma cena nova, em direto, sem rede"). Os vídeo-fenómenos da internet são demasiado efémeros e inconvencionais para a convencionalidade toda de uma cerimónia de entrega de prémios. Pelo número reduzido de categorias (6?), alguém no Youtube percebeu isso, mas foi difícil mesmo assim cortar por completo com o formato tradicional. (Uma cerimónia de entrega de prémios sem prémios: aí está algo que seria realmente muito à frente fazer.) De qualquer forma, já valeu pelo videoclip acima.

06/11/13

ecos: as coisas que fazemos

"Os objectos são aquilo que não somos, aquilo que nunca chegaremos a ser. Será que as pessoas fazem as coisas para definir os limites da personalidade? Os objectos são os limites de que necessitamos desesperadamente. Mostram-nos onde terminamos. Dissipam temporariamente a nossa tristeza."


Don DeLillo, em "Os nomes".
03/11/13

shuffle

A Fernanda Câncio diz tudo sobre a implosão pública do ano.

 

Um artigo no Medium sobre smartphones à mesa: "To me, it is a symptom of social insecurity, an inability to be present, and a profound addiction to the new." Subscrevo completamente e é algo que tento contrariar no meu dia-a-dia.

 

Em parcial contradição com o espírito do link acima: tweet a coffee.

 

O vídeo da semana (sim, ainda não larguei os apanhados canadianos, e este é muito bom, confiem): Corner Store Thief Twilight Zone.

 

O post da semana: "Cinco e meia da tarde de terça-feira, dezanove graus centígrados, a chuva já tinha dado um ar da sua graça e o Reflektor dos Arcade Fire estava à nossa espera, dentro de um carro. Sim, por mais insólito que possa parecer, o CD que a editora nos disponibilizou estava blindado contra piratas e só podia mesmo ser ouvido no leitor de um automóvel."

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.